29.11.13

BIRTHDAY IS COMING.



O facto de faltar exactamente uma semana para o fim dos meus "loucos anos 20" é o mote para uma wishlist actualizada. A ocasião dá azo a desejos over the top mas a prioridade é mesmo renovar básicos para o dia-a-dia.

1 - Camisa Zara, €29,95 (link)
A par das variantes em padrão tartan, existe a igualmente trendy camisa à lenhador. Tenho uma do género, mas com alguns sinais de (bastante) uso e sem "aquele" padrão. Para usar o ano inteiro, com preto total ou parcial, pele, à cintura, u name it!

2 - Camisola em algodão Zara, €29,95 (link)
Se há peças a entrar com frequência no meu armário, são camisolas e sweaters. Branco é sempre bem-vindo para contrastar com os habituais preto e cinza.

3 - Shopper Zara, €39,95 (link)
Já tenho uma do ano passado que, infelizmente, acaba por dar mais jeito para viagens do que para uso diário. Esta é mais pequena mas mais do que suficiente para me acompanhar.

4 - Nike Roshe Run, a partir de €90 (link)
Ao fim de quase nove meses, os meus New Balance mantém-se impecáveis. Contudo, se há coisa onde consigo arriscar mais na cor sem me cansar, é nas sapatilhas. Desta vez poderiam ser umas burgundy, como na imagem, mas podemos sempre dar largas à imaginação com a opção NikeID (link).

5 - Retro Super Future Flat Top Felidae, €150 (link)
Estou para adquirir um bom par de óculos de sol há anos, mas é como nas sapatilhas: nunca me consigo decidir. Há cerca de um ano conheci a Retro Super Future, onde há óculos para todos os gostos e com uma boa relação qualidade-preço. A minha preferência recai sobre estes: simples, pretos por fora e com um discreto tigre por dentro, igual ao da caixa (o packaging é algo que, aqui, também me atrai).

6 - iPad Mini 2
Penso que dispensa apresentações. Se já adorava a versão normal, o primeiro Mini só não me conquistou pela ausência de ecrã Retina. A solução já existe e o branco, damn, o branco...


30.10.13

FEATURED.



Apesar de Outubro já estar a chegar ao fim, vamos mais do que a tempo.
A Idiot Mag é uma revista de cultura e tendências urbanas, projecto sedeado na (minha querida) Invicta. Saí na edição deste mês, a propósito do Social Pie, na página 52. Algumas pequenas declarações e uma fotografia (nota-se muito o misto de extra-felicidade-por-ter-saído-da-zara com mas-que-cara-é-que-eu-faço?!). Vale a pena passar por lá e ler - não só a página 52, mas a revista em geral.
Por último, mas não menos importante: muito obrigado ao Bruno Manso e ao Rui Ozório pela proposta!

(Zara short sleeve sweater, monk shoes, backpack and jacket / H&M skinny jeans)



11.10.13

ACCESSORIZE.

Zara and H&M beanie hats / H&M and gatopapagaio bracelets / H&M iPhone case


Com estes (não tão) acessórios arrancou o Outono. Estranho já serem tantos. É que para além de esquisito nesta área, sou forreta que se farta.
Como vos tinha dito, tirei a prova dos nove quanto aos gorros. Não só descobri ser beanie person como encontrei um novo vício (por agora só me aventurei nas fast-fashion, mas todos sabemos que o eBay é um mundo).
Quanto às pulseiras, a febre continua - estilo simples, acessórios fortes. A capa a imitar alumínio escovado (difícil de ser fotografada) é, oficialmente, a de todos os dias. Gosto tanto, tanto, que já vou na segunda, mau grado o desgaste e algum descuido da minha parte.

4.10.13

BOUGHT THE DAMN SHOES.

Zara boots / photo from Instagram - @joaopinamonteiro


Já estavam a caminho na terça-feira e chegaram ontem. Para quem esperava sete dias, apenas três (sem qualquer pagamento extra) foram a cereja no topo do bolo.
Fui à Zara, aproveitei logo para experimentar (e tirar mil fotos em pleno provador, só mesmo para ter a certeza - quem nunca?). Qualquer dúvida desapareceu de imediato. Para lá de edgy e muito, mas mesmo muito, confortáveis - a sola, pormenor que mais me cativou, não me fez pensar outra coisa.
Com elas, tenho para mim que o kit já está completo. Agora, sim: bem-vindo, Outono!


3.10.13

BACK.

Zara short sleeve sweater, backpack and leather sandals / H&M jeans / Casio watch

Mencionei, no post Wishing (link), um "fortuito achado" nos saldos deste Verão. Referia-me a esta mochila da Zara, que estava mesmo à minha espera nos últimos dias, com um desconto para lá de fabuloso. Valeram-lhe, igualmente, algumas pequenas parecenças com uma 3.1 Phillip Lim que não me saía da cabeça.
Para o último warm weather outfit, um óptimo aliado ao meu keep it simple desses dias: uma sweater de manga curta, branca e two sizes too big, umas calças de ganga não tão skinny quanto isso e as tais sandálias.




2.10.13

ENDLESS LOVE.


Maison Martin Margiela x H&M leather adjusted biker jacket.


Há alguns dias, aquando do post sobre a collabo Isabel Marant x H&M (link), manifestei algum arrependimento por não ter investido mais quando a colecção da marca sueca com Maison Martin Margiela estava disponível.
A verdade é que quando mencionadas as palavras 'biker jacket', é esta a imagem de referência, na qual fico a pensar uns bons minutos, tal como na primeira vez que vislumbrei a colecção. Uma peça que, para além de icónica, é capaz de compor um look vezes sem conta. Mostrem-me a imagem daqui a um, dois, três anos e sei que ainda vou gostar dele da mesma maneira.

O problema duplica quando o vejo no eBay à venda, novo e no meu tamanho, a menos do que o preço original mas, ainda assim, ligeiramente over-the-top. Por outro lado, nunca mais olharia para nenhum casaco de cabedal em jeito de cobiça...





1.10.13

WISHING.


COS wool coat, sweaters and beanie/ Zara backpack and boots


As colecções de Inverno são sempre mais tentadoras. Contudo, por aqui procura-se comprar de forma mais inteligente, atacando de forma mais incisiva apenas onde é preciso, controlando impulsos mas permitindo-me sonhar à mesma. Ou, pelo menos, esperar um pouco mais até ter A peça, e não algo que simplesmente baste.
Da esquerda para a direita, de cima para baixo:

1 e 2 - Já não posso ver à frente o único sobretudo preto que actualmente possuo, depois de usado até à exaustão dois Invernos seguidos. Este, da COS, pode ser simples e custar o dobro de qualquer um da Zara, mas bate-os aos pontos pela simplicidade e pelos pormenores (vêem aquele bolso?). E a COS faz saldos bem, bem aliciantes. Isto tudo para além das óptimas reviews que costumo ler sobre a marca.
Sim, existe um idêntico na Zara (link), mas a impossibilidade de remover a parte em cabedal é um grande no-no. Já o da COS tem um colete amovível.

3, 4 e 5 - Inicialmente, este post teria algumas sweaters da Zara, mas a cada peça da COS que via ao fazer scroll pelo site, uma das primeiras fugia. Grande parte delas custa (apenas) menos 10 euros do que as que ia encontrando.
Aqui, temos um básico que precisa urgentemente de ser substituído - a camisola preta, básica mas sempre com o melhor aspecto possível - e duas formas de tentar manter a entrada de cor no armário.

6 - Com o novo penteado (ou a falta dele) veio a vontade de ver se realmente sou, ou não, uma pessoa de gorros. Vou procurar cá por casa um que comprei há alguns anos para tirar as dúvidas. Se tal se confirmar, este gorro azul será muito bem-vindo.

7 - Não está de todo nos meus planos comprar uma mochila preta, sobretudo depois de um fortuito achado neste campo, nos últimos saldos, mas fiquei de olhos postos nesta mochila cruzada. Corte invulgar, preço um pouco exagerado (para Zara).

8 e 9 - Estava pronto para comprar umas chelsea boots da COS, parecidas com as segundas na imagem. Ao ver estes dois pares no site da Zara, cheguei à conclusão de que custam praticamente o mesmo do que o primeiro par. As primeiras, mais edgy, já estão a caminho; as segundas, mais preppy, ficam, por enquanto, debaixo de olho.