the lumia issue



Nunca pensei voltar a sair do universo Apple no que toca às telecomunicações, mas a vida (ou o descuido) prega-nos partidas, tal como exactamente há uma semana atrás.
A mais inocente queda acabou com a luz de fundo do meu iPhone. A intenção era prolongar os seus já dois anos de vida mas este problema - a somar aos 1834 que eu pacientemente ia aguentando - tornou-o impossível!
Não me mantive na Apple dado que um iPhone 4, apesar do preço vantajoso em relação ao 4S ou 5, não compensaria o gasto. O preço do 4S manteve-se o mesmo (é quase the same old stuff pelo quase dobro do preço) após o lançamento do 5, do qual também não morro de amores.
Optei pelo Nokia Lumia 710* e voltar a esta marca é que não seria mesmo de esperar! À parte isto, apenas pretendia um equipamento equivalente ao iPhone 4 no que realmente importa:

#velocidade, neste caso 1,4GHz de processador, mais do que o meu old friend;

#ecrã, que não é Retina mas mesmo assim bastante bom, com óptima resposta e 3,7" de tamanho em vez de 3,5";

#qualidade geral e estética, sendo que não há corpo em metal e vidro, mas sejamos sinceros, não houve nenhuma polémica acerca da sua fragilidade dias após o seu lançamento, certo? Menos preocupação para o meu lado. E eu acho este Lumia bonito e irrepreensível em termos de ergonomia;

#redes sociais: ainda não há Instagram (tantas saudades!), mas a sincronização com redes sociais é facílima e dá imenso jeito. Prefiro sem dúvida o Windows neste aspecto.

#sincronização com o MacBook: Claro que não desisti do ecossistema Apple! O MacBook Air continua comigo, e desengane-se quem pensa que Windows Phone e Mac não combinam. Era dos meus maiores medos mas é tão fácil como no iPhone: basta descarregarem o programa dedicado, ligar o telemóvel e a sincronização é instantânea, caso o desejem;

#armazenamento: Não clarifiquei este assunto no dia em que escrevi o post mas é pertinente referir que, por 179,90€, consegui 8GB de memória. A relação qualidade-preço no mercado tende obviamente a crescer e a equilibrar-se mas nesta gama de preços posso afirmar tal característica como um bom achado.

Na minha opinião apenas peca pelo parco catálogo de aplicações, o que me parece apenas uma questão de tempo! Tal como o Android nos seus primórdios (poucos dariam alguma coisa pelo HTC Dream em 2008) ou nos primeiros iPhone, que também não eram perfeitos, muito por estratégia de marketing da Apple, este sistema precisa de tempo. Vou pensar que terá a mesma sorte, algumas actualizações (embora o Windows Phone 8 não esteja previsto para nenhum equipamento anterior ao seu lançamento) e uma boa expansão do catálogo de aplicações. Argumentos não lhe faltam e a verdade é que qualquer Android iria saber-me a pouco.

* comprei o meu na cor preta, pack Vodafone (já descontinuado das lojas, encontrei o último de dois na fnac) mas um amigo meu comprou pouco antes a versão em preto/azul claro e trocámos de capa!

2 comentários:

  1. estou exatamente na mesma situação...também ando a pensar num lumia embora não tenha tantas aplicações mas de resto acho muito bom e bonito.

    depois de ler o teu post, deu-me mais segurança para finalmente apostar num Lumia.

    bellis**
    www.bellisgirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que serviu para ficares com "mais umas luzes"! O Lumia é mesmo giro e funciona muito bem. O 710 vende-se na versão azul claro/preto na fnac online a uma diferença de 119€ (ficando este a 179), acho que vale a pena! Adquiri o meu em pack Vodafone na fnac, haviam 2 unidades ainda.. A operadora retirou-o da oferta (espertos...), substituindo-o pelo 610 (que pelo preço nao vale a pena, tem menos processamento o que origina mais limitações a nivel de sistema). O 800 também está com alta promoção do género!
      Beijinho

      Eliminar

Thanks for your time!